fbpx

Singapura: Cidadãos Não Vacinados Por Livre Escolha Não Serão Mais Atendidos Pela Saúde Pública Para Tratamento da Covid-19

O governo de Singapura anunciou nesta segunda-feira (08/11) que, a partir do mês de dezembro, não cobrirá mais os tratamentos de saúde dos pacientes com Covid-19 que optaram por não serem vacinados. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde do Singapura, em uma aparente tentativa de estimular a vacinação. Mais de 85% da população de Singapura já recebeu a vacina contra o coronavírus.

Ao explicar sua decisão, o Ministério da Saúde afirmou que as pessoas não vacinadas constituem uma grande maioria daqueles que requerem cuidados hospitalares intensivos e contribuem desproporcionalmente para a pressão sobre os recursos de saúde pública. Não foram exibidos dados corroborando tal afirmação.

A decisão do governo de Singapura insere-se em um conjunto de iniciativas que têm sido tomadas no mundo todo de supressão de direitos civis das pessoas que decidem não se submeterem a vacinação contra o coronavírus. Negar o atendimento médico a uma pessoa que escolheu não se vacinar é uma prática que fere os princípios da ética médica. Fonte RT | Business Insider | ABC News.


Não Deixe o Crítica Nacional Acabar!

Crítica Nacional precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações e assinaturas de apoio, para tocar adiante nosso projeto.

Crítica Nacional é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver no Crítica Nacional.

Estamos nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição acessando este link aqui, onde terá a opção de fazer uma assinatura de apoio a um valor mensal irrisório e bastante acessível, e poderá também fazer uma doação no valor que desejar.

Muito obrigado.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE