fbpx

Por que devemos falar em público do Deus que nos abençoa no secreto

O medo do julgamento já te impediu de testemunhar aos outros tudo aquilo que você já conquistou e que, sem Deus, você jamais conseguiria?

Quantas vezes você já se esqueceu de falar em público sobre um Deus que te abençoa eternamente no secreto? 

Quantas vezes o medo do julgamento das pessoas do mundo impediu que você falasse um pouco mais do Deus que te abençoa no secreto, e testemunhasse tudo aquilo que você conquistou, e que sem Ele, você jamais conseguiria? 

De fato, fomos falhos. Temos medo. E diante do soprar tempo e dos compromissos da vida, quantas vezes nos esquecemos de agradecer?

Quantas vezes, nos esquecemos de conversar com Deus de forma íntima? Quanto crédito diante de nossas conquistas, damos ao invisível? Ao Deus que não está materializado, mas está presente dentro de nós, em nossos irmãos, e na Santa Eucaristia? E que, mesmo sendo invisível, é capaz de transformar todo o coração quebrantado, ferido e incapaz de amar de novo em algo novo? 

Precisamos nos lembrar que nada, absolutamente nada nesta vida, acontece sem as bençãos e as permissões de Deus. Temos de lembrar que, apesar de não O vermos, Ele está sempre presente dentro de cada um de nós. E que, sim, Ele é o principal torcedor e merecedor das nossas conquistas.

Público x secreto

É Ele quem nos abençoa no secreto. Aliás, Ele é o único que nos conhece profundamente em nosso secreto. O secreto, que não contamos a ninguém. É Ele, que faz soar em nossos corações novos sonhos – que antes pareciam impossíveis aos nossos olhos humanos. É Ele que, a cada dia, ao nosso levantar, nos da um fôlego novo para fazer a vida acontecer com esperança. 

Portanto, é inadmissível que nos esqueçamos de testemunhar o quanto Deus que nos abençoa no secreto desde sempre, e que por isso mesmo, merece minimamente ser exaltado em público. Merece que falemos com fé e orgulho para as pessoas: “Obrigada Deus. Sem Você eu não teria chegado até aqui.”

Ferida e cura

Acredite: Deus permite a ferida. Mas também a cura.  O quanto, através de sua dor, você pode respingar esperança na vida de pessoas que precisam? O quanto a sua dor – permitida por Deus – é capaz de  iluminar a vida das pessoas que mais precisam? Para Deus, há sempre um propósito. A pesar de permitir a dor, Ele cuida de você e te cura. Te cura, para que pessoas sejam curadas através de você. 

Recite isso em voz alta:

“A partir de hoje, eu honrarei o Meu Deus e salvador que me abençoa no meu secreto, sem medo. O honrarei, falando em público: ‘Obrigada Deus. Sem Você eu não teria chegado até aqui’”

Após falar isso em voz alta, diga: “está feito”. Não dá mais para voltar…

Gostou deste conteúdo? Então clique aqui e siga a psicóloga Talita Rodrigues no Instagram

Thumbnail for read also
Thumbnail for read also